Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
07
SMART agriculture for innovative vegetable crop PROTECTion: harnessing advanced methodologies and technologies (SMARTPROTECT)




Designação do projeto | SMART agriculture for innovative vegetable crop PROTECTion: harnessing advanced methodologies and technologies (SMARTPROTECT)
Código do projeto | H2020-RUR-2019-1 (Grant agreement no. 862563)
Objetivo principal | Colmatar a lacuna de conhecimento existente entre a investigação e a implementação prática, no que respeita às metodologias inovadoras de IPM em diferentes culturas na produção no campo e em estufa.
Região de intervenção | União Europeia
Entidade beneficiária | INAGRO-Bélgica (Coordenador), WARWICK-Reino Unido, EMU-Estónia, UL-Eslovénia, INIAV-Portugal, VURV-República Checa, JKI-Alemanha, AREFLH-França, CAJAMAR-Espanha, LatHort-Letónia, NAK-Hungria, HISPATEC-Espanha, AGENSO-Grécia, EFOS-Eslovénia, KU LEUVEN-Bélgica, AHDB-Reino Unido.
Data de início | 01-01-2020
Data de conclusão| 31-12-2022
Custo total elegível do INIAV | 103,750.00 €
Apoio financeiro total da União Europeia | 1,996,187.50 €

Objetivos, atividades

O SMARTPROTECT propõe uma metodologia baseada na recolha de conhecimento em cinco temas dedicados ao IPM, reunindo o conhecimento científico existente e as melhores práticas, e traduzindo esse conhecimento em informação de fácil compreensão para o utilizador final. O SMARTPROTECT irá identificar as necessidades dos produtores e proporá metodologias IPM a serem adotadas na prática diária no campo e em estufa. O SMARTPROTECT irá criar uma plataforma eletrónica para reunir, partilhar, gerir e difundir conhecimentos sobre IPM.


 Resultados esperados

•   Manter o conhecimento prático adquirido a longo prazo;
•   Aumentar o fluxo de informação sobre práticas inovadoras entre os produtores;
•   Alcançar maior aceitação do agricultor no que respeita às soluções encontradas e aumentar a disseminação do conhecimento existente;
•   Implementar a redução da aplicação de pesticidas ao meio ambiente e contribuir para uma maior segurança alimentar.








Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com