Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
07
GOFigoProdução


Designação do projeto | GOFigoProdução

Código do projeto | PDR2020-101-030783
Objetivo principal | Melhorar a qualidade dos figueirais através da modernização das técnicas utilizadas e da eficiente utilização do solo
Região de intervenção | Torres Novas
Entidade beneficiária | Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV)
Data da aprovação | 2018-03-07 
Data de início | 2018-03-01 
Data de conclusão | 2021-12-31
Custo total elegível | 82 070,08 €
Apoio financeiro da União Europeia | FEADER (Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural) – 55 397,31 €
Apoio financeiro público nacional/regional | 6 155,26 €


Objetivos, atividades e resultados esperados

A mobilização, a fertilização e a poda são técnicas culturais realizadas pelos produtores de figo, de forma empírica, e que por vezes não são as mais adequadas.
Desta forma pretende-se demonstrar através da comparação entre o que o produtor faz habitualmente e o que seria tecnicamente mais aconselhado. Esta demonstração é efetuada em pomares da cultivar de figueira ‘Pingo de mel’ e da cultivar ‘Figo preto de Torres Novas’.
Na fertilização é comparada a fertilização tradicional, que é realizada habitualmente pelo produtor, e a fertilização racional que tem por base as análises de solos e de folhas. O resultado esperado é a melhoria da qualidade dos figos e da eficiência dos fertilizantes aplicados.
Na manutenção do solo é comparada a mobilização tradicional com grade de discos efetuada pelos produtores, com a manutenção do coberto vegetal através de cortes mecânicos. O resultado esperado é a melhoria da qualidade dos figos e o aumento da matéria orgânica no solo.
Na poda é comparada a pode de inverno, praticada pelos produtores, com a poda de inverno e de verão ou em verde. O resultado esperado é a melhoria da qualidade e o aumento do rendimento dos pomares, devido à redução dos custos com a mão-de-obra uma vez que as figueiras terão um porte mais reduzido.
Pretende-se ainda observar as pragas e as doenças e proceder ao seu controlo em comparação com o não controlo como habitualmente é efetuado pelos produtores. O resultado esperado é o aumento da produção e da qualidade da mesma.
















Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com