Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
24
NAM4Covid19: Nucleic acid mimic lateral flow assay (NAM-LFA) for the detection of Covid19

Designação do projeto | NAM4Covid19: Nucleic acid mimic lateral flow assay (NAM-LFA) for the detection of Covid19.
Código do projetoFCT_128_596771122
Objetivo principal | A pandemia, sem precedentes, de SARS-CoV-2 enfrentamos atualmente evidenciou a necessidade de métodos de diagnóstico simples, rápidos, precisos e com disponibilidade imediata. Os protocolos recomendados pela OMS para a deteção de SARS-CoV-2 são baseados na tecnologia de transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase (RT-PCR). Esse procedimento é demorado (> 2 horas) e requer equipamentos e técnicos especializados.
Em colaboração com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), Laboratório Nacional de Referência no diagnostico de SARS-CoV-2, este projeto propõe o desenvolvimento de um método rápido e preciso para ser utilizado como teste “Point-of-care”(POC) para a deteção de SARS-CoV-2.
Entidade beneficiária | Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV, I.P.); Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP); Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA)
Investigador responsável |Carina Manuela Fernandes Almeida (INIAV)
Investigador co-Responsável | Nuno Filipe Ribeiro Pinto de Oliveira Azevedo (FEUP)
Data da aprovação | 2020/04/20
Data de início | 2020/05/18
Data de conclusão | 2020/08/17
Custo total elegível | 30.000,00€; Custo elegível INIAV | 10.000,00€
Apoio financeiro total da FCT – 30.000,00€

Objetivos, atividades e resultados esperados:
O projeto tem como objetivo desenvolver um biossensor para a deteção de SARS-CoV-2 em menos de 1 hora. Esta solução evitará, ainda, a necessidade de técnicos e equipamentos especializados. Melhorando, assim, a capacidade do Sistema Nacional de Saúde para a deteção de SARS-CoV-2.Os testes de fluxo lateral com ácidos nucleicos (NA-LFA) são um sistema simples, rápido e económico que utiliza sondas de ácidos nucleicos para a deteção de sequências de ácidos nucleicos específicas. O LFA pode ser combinado com a tecnologia de transcrição reversa seguida por amplificação por polimerase recombinante (RT-RPA), um método de amplificação isotérmica executado numa só etapa, para o desenvolvimento de um teste de diagnóstico Covid19 mais rápido e simples.Para isso, o protocolo RT-RPA será desenvolvido e otimizado, incluindo o design de primers específicos para a amplificação de genes-alvo. De seguida, serão projetadas as sondas de ácidos nucleicos para o desenvolvimento de uma tira de teste NA-LFA. As sondas irão incluir mímicos de ácidos nucleicos (NAM), moléculas capazes de aumentar a performance do método de diagnóstico. Por fim, o NAM4Covid19 será validado com amostras clínicas.No final, pretende-se obter um novo biossensor (NAM4Covid19) para a deteção de SARS-CoV-2. Este consistirá num kit simples e pronto a utilizar composto por uma mistura de amplificação e uma tira de fluxo lateral. A amostra será imersa na mistura de amplificação, submetida ao bloco de aquecimento durante 30 minutos e depois carregada na tira. O design simples permitirá que qualquer técnico realize o teste com facilidade sem a necessidade de instalações laboratoriais especificas.




Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com