Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
Facebook
18
Composição química e valor nutritivo de alimentos para animais

Composição química e valor nutritivo de alimentos para animais

M. Teresa V.C. P. Dentinho, José G. Batista, Helena D. Jorge, Rui J.B. Bessa, Olga C. Moreira

Unidade de Investigação de Produção e Saúde Animal, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. Fonte Boa, 2005-048 Vale de Santarém, Portugal;

Introdução

Ao longo dos anos (1981-2010) o ex Departamento de Nutrição e Alimentação da Estação Zootécnica Nacional, atualmente Unidade de Investigação de Produção e Saúde Animal do INIAV-Santarém, tem analisado química e nutritivamente alimentos para animais. As análises destes alimentos são, na sua grande maioria, realizadas no âmbito de projectos de Investigação e Desenvolvimento Experimental, sendo o número e a variedade de parâmetros analisados em cada alimento dependentes do objectivo final do projecto.

O grande volume de dados acumulados levou à organização desta tabela, que será um pequeno contributo para o conhecimento da composição química e nutritiva de alguns alimentos nacionais utilizados maioritariamente na alimentação de ruminantes.

Os alimentos apresentados são agrupados em: grãos de cereais, gãos de proteaginosas e oleaginosas, frutos raízes e caules, palhas, palhas tratadas e restolhos.

Abreviaturas e unidades utilizadas na expressão dos parâmetros apresentados

MS
Matéria seca
(%)
MO
Matéria orgânica
(%MS)
PB
Proteína bruta
(%MS)
GB
Gordura bruta
(%MS)
FB
Fibra bruta
(%MS)
NDF
Fibra em detergente neutro
(%MS)
ADF
Fibra em detergente ácido
(%MS)
ADL
Lenhina em detergente ácido
(%MS)
DIV-MS
Digestibilidade in vitro da matéria seca
(%)
DIV-MO
Digestibilidade in vitro da matéria orgânica
(%)
EB
Energia bruta
MJ e Mcal/kg
ED
Energia digestível
Mcal/kg
EM
Energia metabolizável
Mcal/kg
UFL
Unidades forrageiras leite
/kg
UFC
Unidades forrageiras carne
/kg
DT
Degradabilidade ruminal teórica do azoto
(%)
dr
Digestibilidade intestinal
(%)
MOF
Matéria orgânica fermentescivel no rúmrn
g/kg MS
PDIA
Proteína digestível no intestino (PDI) de origem alimentar
g/kg MS
PDIN
Proteína digestível no intestino permitida pelo azoto do alimento
g/kg MS
PDIE
Proteína digestível no intestino permitida pela energia do alimento
g/kg MS

Cálculo do valor energético e proteico dos alimentos

Os valores energéticos e proteicos dos alimentos foram calculados a partir das equações propostas pelo INRA (INRA, 1987; Sauvant et al, 2002).

Bibliografia

INRA 1987 Alimentation des Ruminants: Révision dês Systèmes et des tables de L´INRA . Bulletin Technique nº 70. 222pp

INRA-AFZ, 2002. Tables de composition et de valeur nutritive dês matières premières destinées aux animaux d’élevage. Porcs, volailles, bovins, ovins, caprins, lapins, chevaux, poissons. Sauvant, D., Perez, J.M., Tran, G., (Eds), Institut National de la Recherche Agronomique – Association Française de Zootechnie, Paris, France. 301pp




Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com