Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
Facebook
18
CoHesus



Designação do projeto | CoHesus– Estudo da diversidade genética de feijão-frade para uma dieta mais saudável e sustentável
Código do projeto | ALT20-03-0145-FEDER-029867
Objetivo principal | O feijão-frade (Vigna unguiculata) é uma leguminosa de grande valor na alimentação humana, normalmente cultivada em solos marginais. As variedades tradicionais portuguesas são, habitualmente, cultivadas em regiões propensas à seca e a temperaturas elevadas.Sabe-se que as leguminosas contêm compostos com ação protetora na saúde humana. O projeto CoHeSus pretende identificar as variedades locais de feijão-frade que tenham compostos fenólicos com maior potencial anti-inflamatório e com melhores propriedades anti-bacterianas e anti-biofilmes.As variedades tradicionais que apresentem valores mais interessantes nestes parametros nutricionais serão selecionadas para avaliação da sua resistência aos stresses de seca e de calor.A diversidade genética do germoplasma português de feijão-frade será estudada usando tecnologias de marcadores de DNA. Nesta análise, para além das landraces portuguesas serão incluídas amostras de feijão-frade de outros países e regiões o que permitirá ficar com conhecimento das relações existentes no germoplasma português e deste em relação ao das outras regiões consideradas.As informações obtidas irão contribuir para a implementação de novas abordagens dos métodos de seleção, possibilitando assim acelerar o processo de obtenção de novas variedades de feijão-frade.
Região de intervenção | Lisboa e Alentejo
Entidade beneficiária | Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. ; IBET; ISA
Data da aprovação | 2018-06-14
Data de início | 2018-10-01
Data de conclusão | 2021-09-30
Custo total elegível | 239.235,10€; Custo elegível INIAV| 174.342,90€
Apoio financeiro total da União Europeia | FEDER – 3.532,81€ (INIAV-3.532,81€)


Objetivos, atividades e resultados esperados

Objetivos
  • Avaliação agronómica de variedades locais de feijão-frade;
  • Estudo da diversidade genética de Vigna unguiculata (feijão-frade) usando a tecnologia de marcadores de DNA;
  • Avaliação do efeito causado pelos stresses seca e calor na produção de grão e na composição fenólica do grão;
  • Análise do valor nutricional do grão designadamente, composição fenólica identificando compostos com potencial
    anti-inflamatório. Estudo de propriedades anti-bacterianas e anti-biofilme.
Atividades

Atividades

Participantes

Calendarização

Caraterização morfológica e agronómica

INIAV – Elvas

abril 2019 – outubro 2019
abril 2020 – outubro 2020

Estudo da diversidade genética do germoplasma português de
feijão-frade usando marcadores genéticos de DNA

INIAV – Oeiras

junho 2019 – abril 2021

Estudo da composição fenólica das sementes e avaliação da sua utilidade na saúde, como agentes anti-inflamatórios

IBET

outubro 2019 – setembro 2021

Avaliação do efeito causado pelos stresses seca e temperaturas elevadas na produção e na composição fenólica do grão

INIAV – Oeiras

março 2020 – agosto 2020
março 2021 – agosto 2021

Avaliação das propriedades anti-bacterianas e anti-biofilme do grão

ISA

março 2020 – agosto 2021

Comunicação e disseminação dos resultados

INIAV, IBET e ISA

outubro 2018 – setembro 2021



Resultados esperados

As informações obtidas irão contribuir para a implementação de novas abordagens dos métodos de seleção, possibilitando assim acelerar o processo de obtenção de novas variedades de feijão-frade.



Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com