Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
Facebook
18
Colossus

Designação do projeto | COLOSSUS - Control Of tubercuLOsiS at the wildlife/livestock interface uSing natUre-based Solutions
Código do projeto| POCI-01-0145-FEDER-029783
Objetivo principal | A tuberculose animal (TB) causa importantes perdas à produção pecuária e é uma causa importante da rejeição de carcaças em matadouro, sendo um problema transversal às explorações de bovinos de leite, carne e reprodutores. Tem um impacto económico significativo, restringindo o comércio de animais e produtos derivados, e exercendo risco para a saúde pública, devido ao potencial zoonótico do agente etiológico, Mycobacterium bovis (Mb). Em Portugal, a TB subsiste num sistema multi-hospedeiro constituído por ungulados domésticos e, sobretudo, ungulados silvestres em zonas de circulação endémica do agente. Este projeto propõe desenvolver uma ferramenta de controlo de TB animal em Portugal, através da reconstrução hierárquica e multi-escala das cadeias de transmissão direta e indireta de M. bovis,assente na incorporação, em modelos matemáticos, de metadados e sequências completas do genoma de isolados clínicos e isolados ambientais. O impacto das opções de intervenção será formalmente testado nos modelos eco-epidemiológicos preditivos resultantes, gerando-se informação quantitativa relevante que dará suporte à intervenção das autoridades oficiais, proprietários e entidades gestoras.
Região de intervenção | Norte, LVT
Entidade beneficiária | Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV, I.P.); ICETA; FCiências.ID
Investigadora Responsável | Mónica Sofia Vieira da Cunha
Data da aprovação | 2018-04-10
Data de início | 2018-08-10
Data de conclusão | 2021-08-09
Custo total elegível | 239.625,28€; Custo elegível INIAV | 208.500,28€
Apoio financeiro total da União Europeia | FEDER – 190.912,74€ (INIAV-177.225,24€)
Apoio OE| 48.712,54€ (INIAV – 31.275,04€)

Objetivos, atividades e resultados esperados

Objetivos

Os objetivos específicos deste projeto são:

  • inferir as cadeias de transmissão direta e indireta de M. bovis em ungulados domésticos e selvagens com base em filodinâmica e metadados;
  • reconstruir a história epidemiológica e demográfica de M. bovis nas regiões onde a TB é endémica, explorando a informação natural presente no genoma do agente patogénico;
  • hierarquizar o risco de infeção em diferentes áreas espaciais, diferentes hospedeiros e cenários epidemiológicos distintos;
  • identificar a(s) espécie(s) chave na(s) qual(is) devem ser priorizadas intervenções em áreas territoriais selecionadas;
  • avaliar o efeito de adicionalidade do ambiente contaminado com M. bovis na transmissão;
  • desenvolver uma aplicação computacional, assente nos modelos eco-epidemiológicos estabelecidos, que quantifique a relação custo/eficácia de diferentes opções de intervenção em variados cenários epidemiológicos.

 

Atividades

 

  • Sequenciação completa do genoma de centenas de isolados clínicos de M. bovis obtidos de bovinos, javalis e veados em diferentes contextos espaciotemporais e cenários epidemiológicos.
  • Desenvolvimento de um método baseado em Two-Pass CARD-FISH e citometria de fluxo que caraterize a viabilidade, resiliência e o genoma de M. bovis presente no ambiente, avaliando-se quantitativamente o peso desta componente nas cadeias de transmissão indireta;
  • Avaliação do impacto de fatores bióticos e abióticos na transmissão e disseminação geográfica de M. bovis, através de técnicas de modelação ecológica.
  • Avaliação da influência do movimento, área vital e demografia dos hospedeiros na biogeografia e transmissão de M. bovis, através de técnicas de modelação ecológica.
  • Desenvolvimento de uma metodologia quantitativa, baseada em múltiplas escalas (bottom-up), para incorporar metadados e filodinâmica em modelos matemáticos de transmissão.
  • Simulações estocásticas assentes na manipulação formal de variáveis explicativas dos modelos eco-epidemiológicos preditivos desenvolvidos para inferir o impacto de diferentes opções de intervenção.
  • Promoção de atividades de disseminação e transferência de conhecimento, através da divulgação junto de pares dos resultados do projeto (ex. reuniões técnicas, artigos científicos, apresentações em congressos, etc.) e, por outro lado, comunicar e envolver os stakeholders e o público em geral nas problemáticas do projeto (ex. livro de boas práticas, vídeos tutoriais, formação em zonas de caça e em explorações de bovinos, artigos de divulgação científica, atividades de educação ambiental, vídeos de divulgação com as principais conclusões do projeto, criação de uma webpage do projeto, etc.).

 

Resultados esperados:

No final do projeto, espera-se desenvolver uma aplicação computacional inovadora capaz de simular e quantificar a eficácia e a relação custo/benefício de intervenções várias (vacinação, remoção seletiva ou aleatória, biossegurança, descontaminação ambiental) no controlo da tuberculose animal em diferentes ecossistemas e cenários epidemiológicos.
A transferência de conhecimento e comunicação dos resultados acumulados aos stakeholders permitirá informar e apoiar a decisão de autoridades oficiais, proprietários, entidades gestoras e caçadores, sobre as melhores opções de prevenção e controlo de TB, tendo por base uma rede estruturada de dados quantitativos.







Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com