Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
Facebook
17
WastingPrionRisk

Designação do projeto | WastingPrionRisk - Definir o risco de Doença Emaciante Crónica dos cervídeos em Portugal
Código do projeto | POCI-01-0145-FEDER-029947
Objetivo principal | Definir o potencial risco de ocorrência de encefalopatias espongiformes transmissíveis em cervídeos em Portugal
Região de intervenção | Regiões Norte, Centro (Beira Interior Sul) e Lisboa
Entidade beneficiária | Universidade de Trás os Montes e Alto Douro; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária,I.P.
Data da aprovação | 2018-07-20
Data de início | 2018-10-01
Data de conclusão | 2021-09-30
Custo total elegível | 239.897,23€; Custo elegível INIAV| 35.000€
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 177.350,15€ (INIAV-3.187,50€)
Apoio OE| 62.547,08€ (INIAV – 31.812,50€)


Objetivos, atividades e resultados esperados

Objetivos:
  • Efetuar uma amostragem de cervídeos de risco para a deteção de proteína priónica resistente/prião (PrPsc);
  • Determinar o perfil genotípico do prnp da população de cervídeos;
  • Identificar fatores de risco para a ocorrência de doenças priónicas em cervídeos;
  • Sensibilizar o público-alvo para estas doenças nestes animais de interesse cinegético.
Atividades:
  • Formação na colheita de amostras e colheita de amostras em cervídeos;
  • Deteção de PrPsc em linfonodos e tronco cerebral e exame histopatológico do encéfalo de cervídeos de risco para diagnóstico de afeções neuropatológicas, nomeadamente a doença emaciante crónica de cervídeos (CWD);
  • Determinação dos genótipos prnp na população portuguesa de cervídeos;
  • Identificação de outros fatores de risco para a ocorrência de CWD e/ou outras doenças priónicas em cervídeos em Portugal;
  • Ensaios de transmissão de scrapie atípico em murganhos transgénicos, para prnp de cervídeo;
  • Análise estatística e modelação;
  • Disseminação de resultados e estabelecimento de uma plataforma colaborativa de dados para as encefalopatias espongiformes transmissíveis em cervídeos.

Resultados Esperados:
  • Determinação da variabilidade genética do prnp na população de cervídeos;
  • Definição da suscetibilidade / resistência genética à CWD;
  • Definição do risco de exposição a priões da população de cervídeos em Portugal;
  • Estabelecimento de recomendações para orientar futuras decisões nacionais em termos de vigilância da CWD.
  • Implementação de uma vigilância ativa de doenças neurológicas em cervídeos, de acordo com o resultado da análise de risco efetuada;
  • Consciencialização para esta doença de todos os técnicos envolvidos e do público-alvo.

Equipa:

Maria dos Anjos Pires - UTAD
Anabela Alves - UTAD
Fernanda Seixas Travassos - UTAD
Isabel Pires - UTAD
Maria de Lurdes Pinto - UTAD
Adelina Gama Quaresma - UTAD
Filipe Silva - UTAD
Roberto Sargo - UTAD
Madalena Vieira Pinto - UTAD
Alexandra Esteves - UTAD
Estela Bastos - UTAD
Leonor Orge - INIAV
Carla Neves Machado - INIAV
João Carlos Silva - INIAV
Ana Paula Mendonça - INIAV
Paulo Melo de Carvalho - INIAV
Carla Lima - INIAV
Paula Tavares - INIAV
Ana Cristina Matos - IPCB
Luis Figueira - IPCB

Parceiros:







Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com