Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
FacebookCentenário
22
Notícias
CODIGO DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS


A Diretiva 91/676/CEE, do Conselho, de 12 de dezembro de 1991, relativa à proteção das águas contra a poluição causada por nitratos de origem agrícola, determina na a) do seu artigo 4º que os Estados-Membros elaborem um ou mais Códigos de Boas Práticas para prevenção da poluição das águas com nitratos de origem agrícola.

Portugal publicou o seu primeiro Código de Boas Práticas Agrícolas em novembro de 1997, sendo responsável pela sua elaboração o então INIA/ Laboratório Químico Agrícola Rebelo da Silva.

Passados mais de vinte anos, é agora publicado, através do Despacho nº 1230/2018, de 5 de fevereiro, o novo Código de Boas Práticas Agrícolas, revisto e contemplando, para além das boas práticas a seguir na fertilização azotada das culturas, também as que se referem à fertilização fosfatada.

A sua elaboração fica a dever-se essencialmente a investigadores e técnicos do INIAV, da área de Ambiente e Recursos Naturais, em estreita colaboração com a Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural.

O Código de Boas Práticas Agrícolas é de uso obrigatório nas Zonas Vulneráveis à poluição com nitratos e de uso voluntário por todos os agricultores. Pode ser consultado em: https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/114627305/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=114627286

 
Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com