Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
Facebook
13
Notícias
Plano ProROLA




Dê-nos uma mãozinha (neste caso, uma asinha) para promover o conhecimento, a conservação e a recuperação das populações europeias da rola-brava ou rola-comum (Streptopelia turtur)

A rola-comum (Streptopelia turtur)deixou de ser comum. As suas populações estão a diminuir significativamente e é necessário um esforço conjunto a nível nacional, europeu e até entre continentes para tentar reverter esta situação.
Para isso, delineámos um Plano (ProROLA) que envolve investigação, gestão adaptativa e comunicação. Iniciamos já nesta época venatória um conjunto de medidas, concertadas entre várias instituições e entidades, a nível nacional e ibérico.
Mas, para que estas medidas surtam efeito, precisamos de conhecer melhor e acompanhar a população que acolhemos todos os anos no nosso território.
Começamos já a partir deste Agosto a solicitar a colaboração de cada caçador, para recolher nas zonas de caça a asa direita de cada rola caçada. O protocolo de recolha é muito simples e, se puder e estiver interessado em colaborar, pode consultar a ficha de identificação e os pontos de recolha que aqui disponibilizamos.

Senhor caçador, senhor gestor,
devolva as asas e ajude a:
- estabelecer a idade, a estrutura etária da população e a condição física dos animais ao longo da época venatória;
- avaliar o sexo, a origem e a dieta dos animais caçados, com base na análise do ADN e da composição das penas;
- identificar alguns problemas que estejam a surgir na​ população ou aferir a sustentabilidade da caça exercida;

Os seus dados irão juntar-se aos de muitos outros para se compreender melhor a distribuição e rotas migratórias da rola-brava, o período e o sucesso reprodutor, e adequar medidas de gestão – imprescindíveis para se evitar uma moratória da caça à rola e para garantir a sustentabilidade da espécie.

Pode consultar a evolução destas ações (e de outras que se iniciarão em breve) aqui, no site do ProROLA (que será lançado em meados de setembro), ou nos sítios de internet dos parceiros desta iniciativa:
FAPAS (http://www.fapas.pt)
SPEA (http://www.spea.pt/pt/)


Daremos notícias com regularidade!

Obrigada!

Centro de Competências para o Estudo, Gestão e Sustentabilidade das Espécies Cinegéticas e Biodiversidade



 
Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com